line decor
...O que era longe ficou perto...O que era intransponível foi superado...E o mundo ficou bem menor.
line decor
 

Bom, o passeio do último domingo foi até o pedágio da BR-277, apesar de que é um percurso "batido" pela galera que anda de bike eu nunca tinha ido e já fazia um tempinho que rolava uma vontade de ir ver "qualé" o do tal pedágio...
Mais um domingo belíssimo em nossa capital, tempo frio, vento frio, céu nublado... De noite o Ale passa msg avisando que não ia e pouco antes das 8 da madrugada liga informando que melhorou a noite e que vai participar, saímos de casa (moro no Centro), com destino a Casa do Marcelo que é perto fábrica da Coca-Cola, ao lado da BR.
Lá no marcelo já estava o Gustavo e depois de esperarmos alguém que não apareceu, seguimos o pedal, havia um pouco de pressa pq era dia dos pais e meio dia cada um tinha que se apresentar a suas respectivas famílias e já era 09:30. Apesar do tempocu, prá variar, no geral eu achei o passeio beeem interessante, possibilita algo que é difícil em áreas urbanas, que é manter um rítmo de pedalada por um longo período, dá prá manter um rítmo muito bom na ida e um melhor ainda na volta que só pega descida e retão, a média deu 20km/h.
O percurso é todo pelo acostamento da rodovia porém é um trecho com asfalto "limpo" e por ser área coberta pela concessionária do pedágio está extremamente bem conservada,e me falaram que é cheio de câmeras o que dá uma sensação maior de segurança, no percurso tbém cruzamos com diversos bikers nos dois sentidos, a grande maioria com speeds, percebe-se que há camaradagem, pelo menos a galera respondia os cumprimentos hehehe
Prá quem nunca foi, no domingo pela manhã estava bem sossegado, na ida só não tem acostamento uns 2km antes da praça de pesagem de caminhões e na volta tem um pedaço próximo a UFPR onde existem pistas congruindo e separando-se do fluxo principal da 277, como não foi projetado para terem pedestres ou ciclistas por ali é necessário bastante atenção, bom qquer cruzamento ou entroncamento é necessário muita atenção já que por ser uma rodovia ninguém está a menos de 80km/h. Lá próximo ao Pedágio tem umas casinhas verdes onde ficam os guinchos e outras viaturas, tbém tem uma casinha onde tem água filtrada e café (daqueles de máquina) totalmente grátis, a tiazinha que cuida lá disse que de cada 10 que tomam só 2 são motoristas mesmo, a grande maioria são os ciclistas aproveitando, na minha opinião devia rolar um lanchinho free tbém :) O total do percurso, a partir da minha casa, no Centro, foi de 57km.
É isso ae, semana que vem estamos marcando um pedal prá fazenda cainã, na continuação da BR277 mas do outro lado da cidade, vamos ver se com o tempo melhorando teremos um pedal ainda mais agradável.

Abração

Marco Antonio

 
Marcelo e Ale na 1a. paradinha, ao fundo dá prá ver a primeira subida, é longa mas com inclinação pequena.
 
Eu e o Ale no mesmo lugar, show essa Giant
     
   
    A direita fica a casa onde tem café "de grátis". Láááá no fundo fica Curitiba